fbpx
O que é terror?

O que é Terror?

Terror é uma palavra comum e que pode ser relacionada a diversos assuntos diferentes. Tendo isso em mente, que tal entender o que ele é de uma forma bem simples e prática? Vem comigo que vou te contar exatamente tudo o que você precisa saber sobre esse gênero da ficção.

Entendendo o conceito do terror

De acordo com o dicionário, o terror pode ser definido como algo que seria aterrorizante ou resultasse em uma sensação de pavor. Em outras palavras, seu conceito está ligado não há uma definição específica, como o suspense, mas sim ao que provoca no interior do ser humano.

Justamente por isso, você acaba associando o terror a qualquer coisa que provoque medo e que pode ser encontrado de diferentes formas:

  • Filmes;
  • Músicas;
  • Imagens;
  • Livros;
  • Ideias, etc.

Seguindo essa linha, você pode acabar se questionando sobre o que causa medo ou esse terror nas pessoas e até em você mesmo. A resposta, porém, é complicada. Já que depende de uma série de características individuais.

O terror e o medo estão associados a possibilidades de um perigo próximo que pode ou não ser real. Além disso, podem provocar diferentes níveis de sensações, já que você pode ter pavor de aranha, mas o seu amigo não. Como resultado, tudo fica bastante subjetivo, o que dá a possibilidade de que outra pessoa utilize a criatividade para assustar qualquer um.

Terror real X Terror inventado

O terror, por ser subjetivo, não acontece apenas quando você está diante de um perigo real, mas também quando tudo não passa de uma invenção. Para isso, basta ler alguns dos milhares de livros do gênero, que plantam uma ideia impossível de tirar da cabeça. É assim que nascem seus dois tipos, o real e o inventado. Ambos podem começar em uma mesma ideia ou possibilidade, mas tem características distintas.

O terror real é aquele que traz a sensação de que algo pode acontecer com você em qualquer momento. Isso se vê em livros que narram um acidente de carro ou um assalto inesperado. Já o terror inventado tem raízes mais profundas. Ele geralmente tem relação com algo bastante específico, como um trauma de infância.

Para ficar mais fácil, existe uma ficção de Stephen King que exemplifica bem:

“Você está em uma cidade onde coisas estranhas acontecem e ninguém parece notar. Até que algo começa a aparecer e assume a forma daquilo que você mais tem medo, mas muda de forma para um amigo seu.”

O terror inventado, frequentemente, faz parte daquilo que você ou um grupo acredita, como assombrações.

Conclusão

O terror, então, é uma ideia subjetiva que pode surgir a qualquer momento e de formas que você nem seria capaz de imaginar. É por isso que esse gênero é tão temido e querido. Ele é capaz de causar um reboliço interno, bons sustos e até a desconfiança com seu entorno.

Agora que você pode identificar este gênero, me conte nos comentários quais seus livros e filmes favoritos!

1 comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *