fbpx

Laboratório Terráqueo

Estes humanos vivem como se fossem o centro do universo. Eles não reconhecem sua semelhança com o lixo que produzem. Minha vontade é acabar com todos e reiniciar o processo. Não lembro de um experimento ter dado tão errado.

Chegam a se intitular “desenvolvidos” e “em desenvolvimento”, mas não entendem que não chegaram nem perto de um avanço real. Na realidade, nunca vi uma raça demorar tanto para dar um primeiro passo.  Eles vivem como parasitas invadindo e destruindo tudo que tocam e querendo passar uns sobre os outros sempre.

A fome de poder e de controle lhes tirou do rumo desde o início. Uma pena que não podemos resetá-los de uma vez. Mas isto não é um jogo. Os experimentos devem ir até o fim por si próprios, não é? Mesmo que seja uma aparente perda de tempo.

De qualquer maneira Falken, dessa vez serão três cobaias da mesma região da América do Sul. Departamento de Estudos de Desenvolvimento Psicológico. Será uma longa semana de trabalhos para você.

1 comment

  1. Lúcia Plastina

    Adorei. Concordo. Somos ainda parasitas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: